Teddy Bear - English for kids and teens - Inglês especializado para crianças e adolescentes

VOLTAR

AGOSTO / 2013 O inglês abre muitas portas


Com o mérito de ter sido aprovada no Programa Ciência sem Fronteiras, estudar Biologia na Espanha e viajar por diversos países, a estudante Marcela Affonso Penna Meyer é taxativa: "o inglês é um idioma que todos devemos aprender, pois é a língua que você se comunica com pessoas de outras nacionalidades".

Ex-aluna da Escola Teddy Bear, onde começou com 7 anos de idade e permaneceu até os 16 anos, ela desfruta os benefícios de dominar o inglês, como saber se comunicar mundo afora e planejar novos estudos no exterior. Nessa entrevista, Marcela conta um pouco de sua experiência e relembra os anos que passou na Teddy Bear. Confira:

Você foi selecionada para participar do Programa Ciência sem Fronteiras e está estudando em Jaén, na Espanha. Como você alcançou esse objetivo?
Para conseguir uma bolsa, o Programa leva em conta as notas do aluno durante a faculdade, em comparação a dos outros participantes. Ter participado de alguma pesquisa durante a faculdade é outro fator que pode ter contribuído para minha aprovação. Por isso, ser bom aluno é fundamental.

Qual área você está desenvolvendo seus estudos?
Eu estudo Biologia, e no momento estou desenvolvendo meus estudos na área de educação ambiental, tanto no Brasil quanto na Espanha.

Ex aluna de Teddy Bear, Marcela desfruta os benefícios de dominar o inglês, como estudar no exterior e saber se comunicar Ex aluna de Teddy Bear, Marcela desfruta os benefícios de dominar o inglês, como estudar no exterior e saber se comunicar

De que forma o inglês aprendido na Escola Teddy Bear foi importante para sua aprovação?
No meu caso, como eu estou estudando na Espanha, o inglês não foi importante para minha aprovação, mas foi fundamental quando viajei e precisei me comunicar, fosse num país de língua inglesa ou não. Foi quando percebi que o inglês é um idioma que todos devemos aprender, pois é a língua que você se comunica com pessoas de outras nacionalidades, seja inglês, americano, japonês, alemão ou sueco. Percebi também o quanto a falta do inglês pode ser complicado: brasileiros que moravam comigo não sabiam inglês e dependiam de mim para resolver problemas ou apenas para solicitar informação. Além disso, saber inglês me permitiu conversar com pessoas e fazer muitas amizades.

Quais os seus objetivos pessoais e profissionais com esse experiência?
Tanto meus objetivos pessoais e profissionais foram absorver ao máximo tudo o que fosse possível. Academicamente, estudar disciplinas que fossem diferentes das que eu tinha no Brasil. Pessoalmente, viajar sempre que possível, conhecer diferentes culturas, falar com as pessoas, fazer amizades.

Você já decidiu o que pretende fazer profissionalmente? O fato de dominar a língua inglesa influenciou sua decisão?
Ainda não tenho certeza, mas atuaria na área de educação ambiental. O fato de dominar o inglês não influenciou essa decisão, mas com certeza influenciou minha decisão de fazer mestrado e doutorado fora do Brasil, em algum país de língua inglesa, ou se possível, outro intercâmbio durante a faculdade.

Quantos anos você estudou na Teddy Bear. Sente saudades desse período?
Eu estudei cerca de nove anos na Teddy Bear e sinto muita saudade desse período na Escola. Lembro-me das aulas, dos jogos e principalmente das aulas na cozinha e dos teatros no final do ano.

Deixe uma mensagem para seus professores e também para os alunos que estudam na Teddy Bear.
Professores, vocês foram os melhores que eu poderia ter. Lembro de cada um com enorme carinho. Vocês conseguiram que nesses nove anos de Teddy Bear eu tivesse sempre vontade de ir as aulas e me divertir muito. E conseguiram o mais importante: dispor de todo esse conhecimento mesmo depois de cinco anos afastada das aulas. Alunos da Teddy Bear, aproveitem essa Escola tanto quanto eu aproveitei! O inglês vai ajudá-los a abrir muitas portas, seja intercâmbio, work-experience, ou mais para frente, uma universidade e um mestrado. Deem seus máximos, pois esse conhecimento vocês vão levar para toda vida.