Teddy Bear - English for kids and teens - Inglês especializado para crianças e adolescentes

VOLTAR

OUTUBRO / 2012 Professora por paixão


Poucas profissões exigem tanta dedicação e amor pelo trabalho como a docência. Ensinar alguém é um desafio que exige conhecimento, didática, paciência, sensibilidade, vocação e, principalmente, paixão. E é certamente por essa paixão que Tatiana Rosa dedica-se tanto a estudar e a aprimorar-se como professora. Trata-se de uma educadora cujo interesse em aprender e ensinar é exemplo para todos que adotam a docência como profissão.

Em homenagem ao Dia do Professor, comemorado em 15 de outubro, o Teddy News abre espaço para entrevistar uma de suas nobres representantes, que acumula, entre outras experiências, um ano como Educadora Cultural na Escola Teddy Bear. Atualmente, cursando mestrado em Nova Iorque e lecionando em uma Preschool, Tatiana Rosa constata o quanto nossa metodologia é adequada para o ensino da língua inglesa a crianças e adolescentes. Confira:

Professora Tatiana e sua paixão: ensinar crianças. Professora Tatiana e sua paixão: ensinar crianças.

Você está cursando mestrado em Nova Iorque na área de educação. Como surgiu o interesse por esse tema?
Estou cursando mestrado em Bilingual Early Childhood General and Special Education no Bank Street College of Education, aqui em Nova Iorque. Parte do meu interesse em estudar educação especial surgiu quando comecei a trabalhar com crianças na Teddy Bear. Na época, percebi que os alunos apresentavam vários desafios para aprender. Quando me mudei para Nova Iorque, há dois anos, comecei a lecionar em uma escola localizada num bairro de imigrantes latinos e também constatei que, além do inglês, alguns estudantes também tinham dificuldade em se comunicar na língua materna, o espanhol. Foi então que resolvi me especializar em educação especial e ensino bilíngue.

Com as informações obtidas em seu curso de mestrado, como você avalia a metodologia aplicada pela Escola Teddy Bear?
Um dos aspectos mais relevantes na metodologia da Teddy Bear é a inclusão do que chamamos de Universal Design for Learning (UDL) nas atividades pedagógicas. O UDL é um conjunto de princípios que oferece a todos os alunos oportunidades iguais de aprendizagem. Exemplo disso é quando o professor oferece vários meios de representação para dar aos alunos diferentes formas de aquisição de informação e conhecimento. Ou quando oferece diferentes meios de expressão para que os alunos demonstrem o que sabem. Além disso, as aulas buscam desafiar os estudantes, despertando o interesse e a motivação para aprender. Acho que a Teddy Bear aplica uma metodologia bem semelhante, conseguindo incluir o UDL em suas atividades pedagógicas.

Tatiana lecionando em uma Preschool de Nova Iorque: metodologia semelhante à da Teddy Bear Tatiana lecionando em uma Preschool de Nova Iorque: metodologia semelhante à da Teddy Bear

Você sente saudades do tempo em que foi Educadora Cultural da Escola Teddy Bear?
Sim. Fui Educadora Cultural durante um ano e, nesse período, aprendi muito. Eu já era professora de inglês, mas foi a partir da experiência na Teddy Bear que descobri minha verdadeira paixão por ensinar crianças e adolescentes.

Que recomendações você passaria a professores e alunos de inglês?
Aos professores devo ressaltar a importância de saber que cada aluno é um indivíduo com qualidades e necessidades únicas e, em função disso, é fundamental utilizar sempre a motivação e a criatividade para alcançar os objetivos de cada um. Aos alunos, recomendo aproveitar ao máximo cada experiência que os professores oferecem durante as aulas e que não tenham vergonha de tentar se comunicar em outra língua, afinal todos estão aprendendo juntos: o aluno e o professor.