Teddy Bear - English for kids and teens - Inglês especializado para crianças e adolescentes

VOLTAR

NOVEMBRO / 2012 Teddy Bear no currículo


Ricardo e Eduardo Boabaid são irmãos, já estão na universidade e carregam no currículo a fluência no idioma inglês. Alunos desde os 5 anos de idade, eles passaram quase 11 anos estudando na Teddy Bear em Florianópolis e sabem bem o quanto esse período está sendo importante para o dia a dia deles. Nesta entrevista, Ricardo e Eduardo lembram dos bons momentos vividos na Escola e destacam a relevância da língua inglesa para a vida pessoal e profissional. Confira:

Os irmãos Ricardo e Eduardo Boabaid: 11 anos de Teddy Bear e inglês para toda a vida Os irmãos Ricardo e Eduardo Boabaid: 11 anos de Teddy Bear e inglês para toda a vida

Vocês estudaram na Teddy Bear dos 5 aos 16 anos de idade. Como foi esse período de convivência com a Escola, com os professores e com os demais alunos?
Ricardo: Foi um período muito bom, pois nós pudemos fazer amigos e aprender um novo idioma que hoje é muito presente em nossas vidas.
Eduardo: Foi ótimo. Era aquela "uma hora e meia" que iria rever os amigos, dizer "Hello" às teachers, me divertir nas brincadeiras em sala ou no backyard, fazer atividades com clipes ou filmes, as cooking experiences. Todos os bons momentos que fizeram da Teddy Bear não apenas uma excelente escola de inglês, mas também de boas amizades e de novas experiências.

Durante os anos que estudaram na Teddy Bear, qual a aula que vocês gostavam mais?
Ricardo: Gostava muito das experiências culinárias que nós fazíamos falando inglês: as cooking experiences. Também me lembro de bons momentos no backhouse (hoje backyard) e das viagens ao hotel fazenda. Eram atividades que incentivavam o uso da língua inglesa no cotidiano e nos permitiam aprender de maneira divertida.
Eduardo:Impossível esquecer das cooking experiences e das várias receitas: chocolate cake, cookies, sausages in the pastry, the american muffins, the brownies. Todos sempre deliciosos. E a cada nova receita, aprendia novos vocabulários em inglês. Outro momento inesquecível foram as viagens ao hotel fazenda. Lembro que lá havia sorteio de prêmios e eu fui premiado uma vez: ganhei um mp3 player, que guardo até hoje de recordação.

De que forma o inglês facilitou a vida de vocês?
Ricardo: Depois que nos formamos na Teddy Bear, viajamos para o exterior e praticamos o inglês. Lembro que nos Estados Unidos, às vezes, nós conseguíamos fazer compras sem que os atendentes percebessem que éramos estrangeiros – e isso foi muito legal. Em certo momento da viagem, me perdi do pessoal da excursão e aí o inglês me ajudou a reencontrar a turma. Já imaginou se não tivesse como pedir informação?
Eduardo:No exterior foi essencial. Saber inglês sempre me ajudou, não apenas em viagens, mas também na comunicação com amigos de outros países que mantenho nas redes sociais.

Já estão na Universidade? Usam bastante o inglês nas aulas?
Ricardo: Estou cursando Engenharia e a área de tecnologia avança muito rápido. Tenho de ler diversos livros para tentar acompanhar a evolução e a velocidade do mundo moderno. Se tivesse que esperar pela tradução do livro, ficaria desatualizado. Boa parte da bibliografia é em inglês e ter sido aluno da Teddy Bear tem ajudado muito.
Eduardo: Eu estudo Computação. Algumas disciplinas foram lecionadas em inglês, pois utilizava material de universidades estrangeiras. Uso bastante o inglês na área de pesquisa e desenvolvimento, da qual faço parte. E o inglês vai desde a pesquisa e a compreensão de artigos até a elaboração de produção cientifica própria. Como o material produzido é submetido a congressos internacionais, o domínio do inglês é fundamental.

Que mensagem vocês deixariam para os alunos que estudam na Teddy Bear?
Ricardo: Aprendam o máximo que puderem, porque isso será muito útil no futuro. Não tenham medo de tentar conversar em inglês. Mesmo que não entenda tudo, é tentando que a gente aprende.
Eduardo: Tentem aprender bastante. O inglês é muito importante. Caprichem no aprendizado do vocabulário e na pronúncia. Prestem atenção nas teachers, na pronúncia e nas dicas. E aproveitem bem essa época, pois terão boas recordações no futuro.